22 de fevereiro de 2012

AURELIANO AGUIAR - ESCULTOR - COIMBRA - PORTUGAL




Natural de Coimbra, o escultor Aureliano Aguiar tem exposto por todo o país e na Alemanha.
Tem várias obras em espaço públicos.
Tem sido muito referida a escultura de homenagem ao bombeiro, em Almodóvar.
Em 2008, foi-lhe atribuído o “PRÉMIO UTOPIA DE ARTE FANTÁSTICA”, na categoria “ESCULTURA”, com a obra “ARCANJO”, HOJE ADQUIRIDA PELA Câmara Municipal de Sesimbra.Em Odemira está o “Monumento à Árvore”, obra com forte carga de significado, conotada «topológica e simbolicamente com a planície alentejana, como sublinhou José Guilherme Abreu».






Aureliano Aguiar é Acadêmico Correspondente da Febacla em Portugal.
Escultor, desde 1986 expõe seus trabalhos em espaços publicos e privados.
com longo histórico de exposições inclusive fora do país.
Detentor dos Premios Arte Fantástica 'Utopia" 2008, 2009, 2010.

Representação em Mostras de Arte Internacionais simultâneas ao
Mundial de Futebol – Alemanha:
Kultur pur in der Abtei – Marienfeld
Espaço de Arte Blumen & Co – Gütersloh
Tag der Architektur – Förderzentrum – Gütersloh
Representação na semana Cultural dedicada a Portugal (5 – 12 de
Novembro) no Município de Gütersloh – Alemanha:
Europäische Kulturwoche in der Stadt Gütersloh (Câmara Municipal de
Gütersloh e Volksbank - Zentrale)
Clube de Jazz
Villa der Volkshochule – Sentidos Portugueses
Sócio nº 29 do Clube Português de Artes & Ideias
 Sócio nº 3278 da Sociedade Nacional de Belas Artes
 Sócio nº 665 do Movimento Artístico de Coimbra
Outros:
 Sócio nº 29 do Clube Português de Artes & Ideias
 Sócio nº 3278 da Sociedade Nacional de Belas Artes
 Sócio nº 665 do Movimento Artístico de Coimbra
Reside em alcaide 3200-300 serpins e pode ser contatado pelos fones
Telefone" 239 971 042
Telemovel 966101013













PRÉMIO UTOPIA 2010



 ave que não comia papas »























Odemira
rotunda do lagar Monumento «Árvore»  escultura em ferro



« beija flor »
colecção particular Reda Westefalia Alemanha




Seleção de intervenções artísticas:
Data Intervenção
1986 Participou na Exposição Itinerante, Círculo Cultural de Setúbal
1987 Participou na I Mostra Portuguesa de Artes & Ideias
1988 Foi selecionado para o Concurso "Novos Valores da Cultura"
Expôs na Galeria Restauração
Expôs na Sociedade Portuguesa de Autores
Performance na FIL Cultura
1989 Expôs no Palácio dos Coruchéus
Bairro dos Actores, Projecto "Cesto para Chicletes"
Expôs na Galeria Miron
Expôs na Sociedade Nacional de Belas Artes
Expôs no Banco de Portugal (Rossio)
1991 Selecionado para o concurso “VI Salão Primavera do Casino Estoril “
Expôs na II Mostra de Escultura ao Ar Livre da Amadora
Participou na Exposição Itenerante I Bienal do Concelho do Sabugal
1992 Cenografia FIL 1993 Participou na III Mostra de escultura ao Ar Livre da Amadora
Expôs em Guimarães "Pecado Original"
Participou na II Bienal do Concelho do Sabugal
Participou na Exposição "La Belle Époque" – Lisboa
Expôs em Gütersloh "Trovadores"
Expôs em Alter Hellweg "Tapete Voador"
Expôs na Galeria Thiesbrummel
1994 Expôs na Benetton - Cartaz Internacional
1995 Expôs na Galeria Ditec
Expôs no Centro Cultural Alte Weberei
Expôs em Paul Kobold "Ode ao Trabalho"
1996 Expôs em Gütersloh "O Fim do Verão"
Expôs em Berlim "Agavea"
1997 Expôs em Rheda "Ginkgo"
Expôs em Wiedenbrückerstrasse "Blumen & Co"
Expôs na Galeria Grade
Participou no I Festival de Escultura de Ar Livre da Costa Nova
1998 Expôs em Berlim "Xadrez de Jardim"
Expôs na Expo 98
Expôs no Exposalão da Batalha
1999 Futebol na Grade – Galeria Grade – Aveiro
Expôs na Câmara Municipal de Odemira "Bronzes do Olimpo"2003 Obra de referência (“Árvore” de Odemira) na Tese de Doutoramento
“Um Modelo Fenomenológico para a Escultura Pública” de José
Guilherme Abreu
2004 Participou na Góis Arte 2004
Expôs na Câmara Municipal de Góis “Sob o Signo da Família”
Expôs na Quinta das Lágrimas, Coimbra – Árvore “Chorão”
Expôs em Guimarães – Praceta Pe Luis Gonzaga Fonseca – “Árvore da
Paz”
2005 Expôs no Espaço de Arte Silva Guerreiro
Expôs na Quinta do Lago – Almancil – “Árvore e Aves”
2006 Representação em Mostras de Arte Internacionais simultâneas ao
Mundial de Futebol – Alemanha:
Kultur pur in der Abtei – Marienfeld
Espaço de Arte Blumen & Co – Gütersloh
Tag der Architektur – Förderzentrum – Gütersloh
Representação na semana Cultural dedicada a Portugal (5 – 12 de
Novembro) no Município de Gütersloh – Alemanha:
Europäische Kulturwoche in der Stadt Gütersloh (Câmara Municipal de
Gütersloh e Volksbank - Zentrale)
Clube de Jazz
Villa der Volkshochule – Sentidos Portugueses
2008 Expôs em Vendas do Ceira – Coimbra – Conceito 74 – “Percursos”
Expôs no AtriumSolum – Coimbra – “Percursos”
Expôs na Mostra de Escultura – editora Luz Compasso – Coimbra
Fez uma Exposição de Escultura de Ar Livre na rua adjacente ao Casino
– Figueira-da-Foz2009 Ganhou Prémio Utopia 2008 – Exposição dos Artistas concorrentes –
Amadora
Mostra de Escultura – Palácio dos Ciprestes – Linda-a-Velha – Oeiras
“Do Objeto à Arte”
2010 Intervenção em interiores e espaço exterior – ArtSpaceHotel, Monte das
Taliscas –Alentejo
Ganhou Prémio Utopia 2009 - Exposição dos Artistas concorrentes –
Amadora
Expôs na Fundação Marquês de Pombal – Linda-a-Velha-Oeiras –
“Do Objeto á Arte”
Expôs na Fabrica Braço de Prata – Lisboa – “Escultura para Interior no
Exterior”
2011 Expôs no Parque Verde – Coimbra – “Dragão”
Intervenção – Lisboa – Optimus Alive
Expôs em Odemira – Artspacehotel
Expôs em Viseu – “arte G”
Participou na mostra internacional de arte (FIARTE) – Coimbra
2012 Intervenção – Porto – Fantasporto – “Dragão”
Obras Públicas:
Data Localização/Obra
1997 Câmara Municipal de Águeda – “O Guerreiro” Paços do
Concelho
2000 Câmara Municipal de Odemira - Monumento a "Árvore"
Rotunda do Lagar (Estrada Nacional nº 120)
2001 Câmara Municipal de Almodôvar – Monumento de Homenagem
aos Bombeiros (Almodôvar)
Câmara Municipal de Almodôvar – Monumento de Homenagem
aos Sapateiros
2003 Câmara Municipal da Lousã – “O Carro” Museu Etnográfico da
C.M. da Lousã
Westfalia – Alemanha – “Babilónia”
2004 Câmara Municipal da Lousã – “Árvore de Jardim”
2005 Câmara Municipal de Guimarães – “Árvore da Paz” Praceta
Padre Luis Gonzaga Fonseca
2006 Acervo do Hotel que alojou a equipa portuguesa de Futebol
(Mundial 2006) em Marienfeld – “ Troféus” Alemanha,
Novembro
2008 Câmara Municipal da Lousã – “Árvore de Jardim” – Lousã
2008 Câmara Municipal de Odemira - Monumento "Arcanjo" Rotunda
do Farol, Vila Nova de Milfontes
2010 Fundação Marquês de Pombal – Escultura de ar livre
“Chorão” – Linda-a-Velha
2010 Fundação Marquês de Pombal – Escultura de ar livre
“Árvore dos Telefones” – Linda-a-Velha Prémios:
 De Arte Fantástica “Utopia 2008” – Núcleo Português de Arte Fantástica, com
a Obra “Arcanjo”, 2009
 De Arte Fantástica “Utopia 2009” – Núcleo Português de Arte Fantástica, com
a Obra “Dragão”, 2010
 De Arte Fantástica “Utopia 20010” – Núcleo Português de Arte Fantástica,
com a Obra “Picadores”, 2011






matraquilhos»  1998  escultura em ferro


matraquilhos»  1998  escultura em ferro




«Bambi» colecção particular Westefalia Alemanha



































Almodôvar
monumento homenagem aos bombeiros 2000  escultura em ferro
o bombeiro chama os companheiros do quartel


o bombeiro chama os companheiros do quartel







Outros:
 Sócio nº 29 do Clube Português de Artes & Ideias
 Sócio nº 3278 da Sociedade Nacional de Belas Artes
 Sócio nº 665 do Movimento Artístico de Coimbra
Reside em alcaide 3200-300 serpins e pode ser contatado pelos fones
Telefone" 239 971 042
Telemovel 966101013






« Astronauta »







Bacalhau de luvas
1m.,60xcm.60cm.x60cm. luvas usadas de trabalhar com aço, um par de botas de biqueira de aço, um frasco de vidro e algus botões.











Optimus Alive 2011

Optimus Alive 2011


Terça-feira, 15 de Março de 2011


Entrevista ao artista Aureliano de Aguiar

by história e arte
O grupo de História e Arte decidiu conciliar o seu projecto na comunidade onde vive. Desta forma, valorizar o sítio onde vivemos é uma das principais metas que pretendemos atingir. No âmbito do estudo sobre a temática "As Vanguardas Históricas do século XX" o grupo decidiu contactar o artista Aureliano de Aguiar para o entrevistar sobre a obra “Arcanjo”.
O "Arcanjo" é uma estátua em ferro reciclado, com 3,5 metros de altura, criada entre 2007 e 2008. Situa-se numa pequena rotunda junto à Praia do Farol em Vila Nova de Milfontes.
1. Admiramos a sua criatividade. Desde que idade decidiu ser escultor? Qual foi a sua motivação? Foi uma opção desde sempre ou algo o influenciou a seguir a veia artística?
Desde sentido de abdicar desta tendência.
2. Para além da escusempre senti vocação para a expressão artística indo as influências exteriores mais no ltura tem mais alguma ocupação ?
A nível profissional, não. Aliás, seria impossível executar a obra que tenho se tivesse outra ocupação profissional.
1.1. Teve alguma formação escolar sobre escultura ou é algo “natural”?
Pode-se afirmar que é algo “natural”.

2. Para além da escultura tem mais alguma ocupação ?
A nível profissional, não. Aliás, seria impossível executar a obra que tenho se tivesse outra ocupação profissional.
3. As suas esculturas possuem características modernistas que, em muitos casos, contrastam com a paisagem rural onde estão inseridas. Porque preferiu seguir um modelo mais moderno em vez de trabalhar num modelo mais clássico?
Não considero a minha obra com expressão modernista. Também considero a Arte intemporal e infinitos espaços a podem conter. Tenho trabalhos em cidades, também, como por exemplo Berlim ou Guimarães. Considero-me um Artista e cidadão do Mundo… A expressão é algo que tenho vindo a desenvolver, que me identifica e em cuja consolidação trabalho arduamente.
4. Actualmente o seu trabalho tem vindo a ser com metal. Foi desde sempre esta a sua escolha ou trabalha com outros materiais?
Talvez possa responder pela opção por materiais ferrosos em vez da pedra ou do bronze, respondendo quer pelo lado prático: o que tinha mais próximo; quer pelo estético: sempre me atraíram as potencialidades do ferro.
5. A obra “Arcanjo” foi uma das obras que foi realizada por si que se tornou no marco modernista na nossa vila. No que se inspirou para a realização desta escultura?
Na necessidade de alertar o maior número possível de pessoas. É um grito!
6. Compreendemos que através de “Arcanjo” pretende passar uma mensagem. Qual?
As mensagens contidas numa obra de Arte dependem da liberdade interpretativa de quem a contempla. Pretendendo elevar através desta contemplação a um estado de superação do próprio.
7. Acha que a escultura “Arcanjo” poderá ter um impacto para além do visual? Isto é, acha que poderá ter um impacto de consciencialização nas pessoas que a observam?
Isso depende de quem observa, da sensibilidade e gosto estético de cada um. Considero que o que diferencia a Arte são os potenciais de mudança. Em qualquer obra, sem particularizar. Como qualquer outra expressão artística, a Música ou a Literatura, há consumidores de todos os quadrantes. Considero importante o prazer de quem contempla, a capacidade de se abstrair de si e se sentir elemento de algo mais vasto, a capacidade de nos transcendermos no gozo, na apreciação de qualquer Obra, de qualquer Expressão Artística.
8. No âmbito do estudo sobre a temática "As Vanguardas Históricas do século XX", trabalhamos as várias características de cada vanguarda, e considerámos que a escultura “Arcanjo” tem influências do surrealismo, pois o objecto de representação é o surreal (o que está para além da realidade, o mundo do inconsciente), algo que não existe no mundo real.
8.1 Considera esta escultura surrealista? Acha que, por ser tão fora do comum, teve um efeito de admiração na população?
Não a considero surrealista mas acho curiosa a analogia. É uma Obra que se enquadra na Arte Fantástica (ganhou, aliás, o Primeiro Prémio de Arte Fantástica, Utopia 2008). Arte Fantástica é transversal ao tempo e à linguagem.

9. Tivemos conhecimento que a escultura "Arcanjo" ganhou o prémio Utopia, promovido pelo Núcleo Português de Arte Fantástica com o apoio do Município da Amadora, no ano de 2008. Este prémio visa "premiar o melhor, mais criativo e louco trabalho de artes plásticas, na vertente de arte fantástica".
9.1 Qual foi a sua reacção ao saber da notícia? Qual o peso deste prémio na sua vida/ carreira profissional?
Fiquei muito feliz. Muito orgulhoso. Um Prémio é algo realmente muito importante. Como artista tornei-me mais divulgado. É um importante marco de reconhecimento na carreira de cada um. É também importante no currículo.

9.2 Já recebeu mais algum prémio?
Sim. O 1º Prémio Primeiro Prémio de Arte Fantástica, Utopia 2009 com a Obra “Dragão”
10. Ao longo de toda a sua vida profissional tem elaborado um conjunto de esculturas dinâmicas, originais e de carácter modernista como “Arcanjo”, “A Arvore Metálica”, “O Dragão”, “Shoemaker”, etc. Qual das esculturas que realizou foi a sua preferida? Porquê?
A minha preferida é normalmente a que estou a conceber. Neste momento estou a construir a “Árvore da Sabedoria”, uma Obra que ultrapassará os dez metros de altura.
11. Através de algumas fotos que vimos no seu facebook conseguimos concluir que já realizou uma série de esculturas que chegaram a ser colocadas em exposição. Tem alguma exposição a realizar proximamente?
Neste momento estou representado em duas: na Fundação do Buçaco e na Galeria Gesteiro em Viseu.
12. A compra de algumas das suas esculturas e alguns prémios que recebeu, trouxeram-lhe reconhecimento enquanto escultor a nível nacional. Já foi reconhecido pelo seu trabalho fora de Portugal? Se sim, onde?

Sim. Em muitos lugares. Tenho Obra Pública na Alemanha e em algumas colecções privadas em países europeus. Através da Internet tenho recebido rasgados elogios de todo o lado: Austrália, Marrocos, Brasil, Argentina, EUA, Espanha… Muitos, muitos
13. A obra "Arcanjo" teve como destino Vila Nova de Milfontes. Foi desde sempre este o local de eleição? Ou, a sua construção, tinha como objectivo estar em exposição noutra localidade?
A Obra "arcanjo" é uma obra de autor, ou seja, não foi encomendada por ninguém para lado nenhum, assim como muitas das minhas Obras. Por exemplo, a "Árvore da Sabedoria" que actualmente executo e que provavelmente ultrapassará os 10 metros de altura, é também uma obra de autor. Ou o "Dragão"... O "Arcanjo" é exclusivamente fruto da minha inspiração.

 E-mail: escultoraureliano@sapo.pt
Página do Facebook:
www.facebook.com/AurelianoAguiar
Canal do Youtube: http://www.youtube.com/escultoraureliano




















1 comentário:

  1. Espreita amigo www.luisvitrais.com
    Vamos falar .
    Abraço vicentino

    ResponderEliminar