22 de abril de 2017

CESARE PERGOLA - ITÁLIA



O meu trabalho é fundamentalmente experimental, eu não tenho uma técnica predefinida para representar um pensamento concluído ou valores reconhecidos, eu procuro uma experiência inédita para transmitir."

CESARE PERGOLA (Limosano, Itália).
Arquiteto e artista italiano, vive em São Paulo, Brasil desde 2009.
Seu trabalho artístico, iniciado no final da década de '70, se desenvolve em uma plataforma multimídia que inclui, performance, instalação, vídeo, fotografia, arte digital e pintura.
A sua poética oscila entre a definição do espaço físico, conceitual, mensurável e configurável, que parece não ter uma colocação geográfica ou histórica, e a força primitiva do corpo humano, sensorial, erótico e imprevisível. Estes dois mundos se encontram em uma "arquitetura sensorial", um espaço emocional em experimento contínuo entre o controle e o abandono.
No campo arquitetônico desenvolveu uma inédita teoria sobre a “sensorialidade urbana”, publicada no ensaio “La Città Dei Sensi”, Itália, 1997.
Foi fundador da B
Galeria elvedere em Paraty (2009-2015) e ideador do Festival de Arte Contemporânea de Paraty - Prêmio Belvedere (2010-2013). 


Exposições selecionadas:
2015 "GEOMETRIA DA SEDUÇÃO", individual, Centro Cultural São Paulo.
2014 "LA MISURA DEL CORPO", individual, Galeria Belvedere, Paraty (RJ).
2013 “MATEMÁTICA DA PAISAGEM”, individual, Casa Contemporânea, São Paulo.
2012 "A SEDUÇÃO DE MARILYN MONROE", coletiva, Museu Afro Brasil, São Paulo.
2011 “LUTADORES DO MUNDO”, individual, Museu Afro Brasil, São Paulo.
2010 “TERRAS INDÍGENAS”, coletiva, Memorial dos Povos Indígenas, Brasília.
2005 “THAI COLORS”, individual, Bangkok, Thailândia.
2001 “LA CITTÀ DEI SENSI”, individual, Villa Montalvo, Florença, Itália.
2002 “ART CRAWL 2002”, coletiva, Orbetello Gallery, Los Angeles, E.U.A.
1993 "LA FABBRICA ESTETICA", coletiva, Grand Palais, Paris, França.
1985 "17 TRIENNALE DI MILANO", coletiva, Palazzo della Triennale, Milão, Itália.
1983 "UNA GENERAZIONE POSTMODERNA", coletiva, Palazzo delle Esposizioni, Roma, Itália.


VISUAL ART

fantasma rupestre Sant´Ambrogio  2014


fantasma rupestre Altilia  2014


fantasma rupestre  2014


la misura del corpo


matemática da paisagem  2013-2014


lutadores


oggetti di luce


la cittá dei sensi


A Fase da àgua

PAESAGGIO ELETTRONICO 1 


PAESAGGIO ELETTRONICO 1 


PAESAGGIO ELETTRONICO 18


PAESAGGIO ELETTRONICO 16


PAESAGGIO ELETTRONICO 2 


09- IL LAGO DELLE TRE COLONNE


LA VALLE DEI TEMPLI, immagine digitale, 2012



Cesare Pergola inaugura a exposição Lutadores do Mundo, no Museu Afro-Brasil. Com 30 pinturas em óleo sobre tela onde retrata lutadores posicionados para ação, de diversas localidades e modalidades, onde o artista faz uma analogia ao esforço pela sobrevivência, tão semelhante nos cinco continentes. Com curadoria de Emanoel Araujo, o pintor e artista visual italiano faz uma metáfora, às lutas da humanidade tanto antiga como contemporânea. Durante o período da mostra serão exibidos dois vídeos de autoria do artista sobre Sumô e  Muay-Thai, bem como um objeto luminoso. Abertura dia 14 de abril.




















CAPOEIRA 2









EQUILIBRISMI




























cesare@cesarepergola.com

www.cesarepergola.com






























































Sem comentários:

Enviar um comentário